Por que buscar a Constelação Familiar?

Por que buscar a Constelação Familiar?

O alemão Anton Suibert Hellinger – mais conhecido como Bert Hellinger – aprofundou o método Constelações Familiares Sistêmicas a serviço da vida. Ele explica que as constelações familiares sistêmicas, são como conjuntos de estrelas que formam figuras no céu.

Segundo Bert, estamos ligados em um sistema, que seria constituído pela família, ou por relacionamentos importantes que temos como casamentos, atual ou anteriores, grupos dentro de uma empresa, e outros grupos. Trazendo assim a constelação como uma excelente alternativa para desemaranhar e resolver questões que envolvem toda sua vida.

Assim a constelação familiar é uma prática que busca resolver conflitos familiares, problemas pessoais, amorosos, empresariais e inúmeros outros que atravessam gerações. As constelações nos ensinam que estamos ligados a nossa família. Entretanto, não estamos irremediavelmente presos e podemos alcançar a cura desses comportamentos que nos trazem sofrimento.

Ao compreender os mecanismos desse processo, ficamos na posse do poder de desemaranhar o nosso comportamento a fim de evitar angústia para as gerações futuras.

Motivos para buscar constelação familiar sistêmica

São vários os motivos que paralisam a vida em dor: perdas de entes queridos, abuso sexual, repetição em relacionamentos tóxicos, momentos de extrema dificuldade financeira, impasses no casamento ou problemas com parentes com dependência química ou de álcool. 

Para todas essas situações a Constelação Familiar pode ser uma aliada, também sendo extremamente eficaz, nos casos de um parente que possui um transtorno mental, como esquizofrenia, psicose ou até mesmo em caso de epilepsia.

Momento certo de colocar um fim no sofrimento

Na dinâmica familiar é comum, após um conflito, os membros da família fingirem se esquecer do problema latente e seguirem adiante sem conversar apropriadamente. Até que um dia o problema retorna e o mesmo conflito se desencadeia. 

Isso acontece porque a raiz do problema não foi examinada. 

Ninguém sabe ou quer admitir as suas causas, ou uma pessoa pode até ter consciência da situação, mas ignora o que está a sua frente para evitar mais discussões. Ou seja, todos vivem adormecidos, apenas sobrevivendo até o próximo acesso de raiva.

Para tocar nos assuntos delicados que ameaçam desestruturar essa dinâmica fragilizada, a coragem e honestidade são requisitos básicos. É preciso abrir mão do ego e do orgulho, do medo de olhar para as questões. Esses são apenas obstáculos que nos impedem de enxergar a realidade.  

As constelações não são mágicas. O movimento será feito, a dinâmica será efetivada, onde a mais pura verdade da alma aparecerá para a mudança de comportamento de quem procura o tratamento ser efetivado também, como parte importante do tratamento.

Sentiu que chegou a sua hora de procurar a Constelação Familiar Sistêmica? Entre em contato marque já a sua.

Fale comigo, Rosimeire Caetano se tiver alguma dúvida sobre o assunto, ficarei muito feliz em lhe atender! Ligue 11 98713-9077 (também via WhatsApp).

Leia também:

Constelação Familiar: Parte do meu Quebra-Cabeça

Bert Hellinger: o conhecimento

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rosimeire Caetano

Realizo atendimentos terapêuticos integrativos com visão sistêmica através do Yoga, Constelações Familiares, Barra de Access e Reenergização dos Chakras.

Posts Recentes